“Pena” – a primeira música que fiz na vida, sem saber!

  • 02/09/2014

 

A música “Pena” nasceu de uma noite de aparente fracasso! Foi no ano de 2004, quando o Fernando estava no comecinho da carreira e eu o ajudava da maneira que podia a fim de que o Teatro Mágico decolasse para o mundo!

Bom, pensando numa forma de arrecadar algum dinheiro para concluir a produção dos primeiros figurinos e cenário do show, a gente inventou de fazer uma festa “tecno”, O Teatro Mágico do Espaço (música eletrônica + performances poéticas) numa baladinha super underground no centro de São Paulo!

A ideia era conseguir angariar a verba com a venda dos ingressos.

Mas eis que no dia da festa começou a cair uma baita tempestade – bem típica de SP, daquelas com pedrinhas de granizo e tudo mais! O vento ventava como nunca, as ruas ficaram alagadas e o acesso ao local da festa foi interditado por cavaletes.

Fernando, trajado de personagem, debaixo de chuva, saiu pelos arredores tentando orientar os carros dos amigos a identificarem uma nova forma de acessar o lugar – sem muito sucesso porque quase ninguém chegava. E mesmo com todo o esforço, poucas foram as pessoas que compareceram.

E o que deveria nos dar algum lucro, deu muito prejuízo.

O resultado disso? Cheguei em casa, triste, cabisbaixa, com a garganta ruim, princípio de gripe….mas o baixo astral não me contagiou. Liguei meu computador, eram quatro da manhã, e comecei a  escrever algumas frases que expressavam o que eu estava sentindo.

Me vinha no pensamento a imagem do rosto do Fê na cozinha da balada contando as últimas moedas da grana da bilheteria e a nossa péssima desenvoltura em tentar explicar para o cara do som que não tínhamos o valor total da locação do equipamento para pagar pra ele!

Nossa sorte foi que o rapaz teve “pena” da gente e não criou caso. Aceitou de bom grado tudo o que tínhamos arrecadado ali!

Bom, minhas frases acabaram por virar uma poesia que eu enviei na mesma madrugada para o Fernando! Mal sabia eu que aquilo seria a minha primeira incursão numa composição musical!

No dia seguinte de manhã, Maninho acordou, leu o meu e-mail e fez sabe o quê? Deu melodia aos versos, me ligou e disse: “sabe aquele seu texto? coloquei um refrão, ouve só”.

E o nosso fracasso momentâneo pariu um sucesso musical chamado “Pena”, um hino à batalha diária do artista!

 

  1. Larissa Viel

    Caramba, que história sensacional!! Além de mostrar que o TM não teve um começo nada fácil, deixa mais do que claro que qualquer coisa, por mais trágico que pareça ser, na mente certa vira uma poesia linda e casada com uma bela melodia, se transforma em uma música estraordinariamente maravilhosa!!

  2. Múcila

    Que lindo poder ouvir uma história tão genuína, com tantos detalhes que consegue nos remeter a este momento … pedacinho da história, que atinge e gera tanta outras histórias.

    Gratidão
    _/\_

  3. Davi

    Sensacional esse nosso mundo! Todo o seu momento toda a sua razão!
    Lindo ouvir vcs mais lindo ainda e saber dessas histórias!
    Vc eh demais!
    Até breve….hehehe

  4. Cássia Marina de Oliveira Santana

    …. e você acaba de tirar lágrimas dos meus olhos!!

  5. Clarice Rezende

    Que bacana!! Pena foi a primeira música que ouvi do TM e me fez buscar mais músicas e que se tornou a banda que mais ouço e sou fã. Uma banda que está presente em todos os momentos da minha vida, e que mesmo sem saber, no lançamento de Perdoando o Adeus e Quando há ferrugem, me confortou no momento mais difícil da minha vida.
    Parabéns pela letra! 

  6. Cristiana

    Incrível!!!! Me arrepiei lendo esse texto, todos sabemos das batalhas que o Fernando teve que enfrentar, graças a Deus Ele nunca desistiu. O Teatro Mágico mudou minha vida…. Eu sempre ouvia falar “não desistam do seu sonhos,bla bla,bla…” Mas eu não entendia: “mas com se sonha?” me perguntava sempre. Quando comecei a ouvir o OTM eu entendi que eu tbm podia!!! Esse ano de 2014 acabei de realizar mais um, passei no vestibular e vou fazer faculdade!!!!
    Fernando um “ser” incrível, e você Maíra fantástica que estou gostando muito, me delicio com seus textos!!! Parabéns!!!

Comments are closed.